domingo, 10 de janeiro de 2010

Revolta do mar





«O país perdeu a inteligência e a consciência moral.
Os costumes estão dissolvidos, as consciências em debandada, os carácteres corrompidos.
A prática da vida tem por única direcção a conveniência.
Não há princípio que não seja desmentido.
Não há instituição que não seja escarnecida.
Ninguém se respeita.
Não há nenhuma solidariedade entre os cidadãos.
Ninguém crê na honestidade dos homens públicos.
Alguns agiotas felizes exploram.
A classe média abate-se progressivamente na imbecilidade e na inércia.
O povo está na miséria.
Os serviços públicos são abandonados a uma rotina dormente.
O Estado é considerado na sua acção fiscal como um ladrão e tratado como um inimigo.
A certeza deste rebaixamento invadiu todas as consciências.
Diz-se por toda a parte: o país está perdido!»

Eça de Queirós in As Farpas (1871)
Posted by Picasa

9 comentários:

  1. Olá!

    Desculpa as minhas ausencias!

    Espero que estejas bem!

    Infelizmente, agora que estou de cama com uma gripe terrível que me impede de me aproximar do meu sogro, o lado positivo, é que me sobra tempo para visitar os amigos...!

    Assim, no meu portátil, cá estou eu a retribuir os gestos de carinho.

    E ver as belas imagens que por si só já são poesia!

    E que linda é a nossa cidade do Porto!

    Aproveito e deixo-te de presente de Reis, um pouco tardio, mas vai sempre a tempo, um blog..., como sugestão para visitares...

    De certeza não te vais arrepender, recomendo-o vivamente! Não é bom..., é EXCELENTE!

    É de um Amigo meu argentino, mas também é escrito em potuguês.

    http://serpai-acerca-de.blogspot.com/

    Um beijo e votos de um bom domingo.

    ResponderEliminar
  2. Lindas fotos do arrebentar das ondas.
    Beijinhos e bom domingo.

    ResponderEliminar
  3. claudino.mesquitadomingo, 10 janeiro, 2010

    As ondas rebentam com fragor contra as rochas,
    vamos assistindo embevecidos perante tal violência,
    Será que poderemos mudar o curso da natureza, tal como vimos assistindo?...
    Um abraço
    Claudino

    ResponderEliminar
  4. Há textos que são intemporais. Há escritores visionários...
    Será que Eça de Queirós está vivo?

    Magníficas as tuas fotos.

    ResponderEliminar
  5. Eça sempre tão actual!...
    Talvez a sociedade daquele tempo fosse igual a esta sociedade actual, só que agora temos acesso a informação que antigamente não tinhamos.
    Vendo bem, penso que é igual à de antigamente, só que agora conhecemo-la melhor e mais rapidamente.
    Bom resto de domingo.
    Abraço

    ResponderEliminar
  6. inquietas

    ondas

    as que nos

    libertam

    da modorra


    [a acutilante
    e actualíssima
    visão de Eça]


    *um abraço*

    ResponderEliminar
  7. I'm appreciate your writing skill.Please keep on working hard.^^

    ResponderEliminar
  8. Revolta do mar…
    -A escolha destas fotos e do texto não foi inocente!
    Mais um ano que entra…que perspectivas neste pais, nesta sociedade?
    Somos um mar, todo um povo que pena diariamente… para simplesmente alcançar o limiar da sobrevivência…. Qualidade de vida, onde andas?

    -Comentário após comentário a companhia de novos amigos virtuais ganha peso e proximidade.
    Um abraço muito especial aos amigos (poucos) que da vida real, também neste espaço virtual fazem questão de marcar a sua presença.

    Sempre a caminho!...
    Um abraço!

    ResponderEliminar
  9. Realmente como é possível...no tempo do Eça haver um sentimento tão igual ao de hoje em dia...existem coisas completamente intemporais...
    Em relação as fotos sempre excelentes mas devo dizer que adorei a 2ª, a onda revoltada, talvez porque tenha haver com o meu estado de espírito.
    Muitas beijokas e boas fotos


    Ana Jesus
    https://oclickdagaivota.blogspot.com

    ResponderEliminar

Obrigado pela visita...
Thanks for your visit...